pão, circo

I. de repente a arte, ao ajudar a gente a suportar a vida, só piora tudo. de que mesmo o pão & circo distraía as atenções, em roma? não há diferença essencial entre arte e o entretenimento mais mercantil. madonna é prima de emily dickinson. tudo, apenas, questão de nicho.

II. dizem que a boa arte nos aproxima da verdade. mas quantas vezes isso é verídico? é mais como se a arte existisse para completar lacunas. para nos levar pra mais longe dos fatos. a vida é pouca, não basta. apesar da verdade.

III. não há prosa sem moral da história. a prosa mais niilista quer nos convencer de algo – a ausência de sentido. daí alguns tentarem a poesia.

IV. não que a poesia seja menos inútil. também é puro artifício. mas é algo para manter as mãos ocupadas.

+++++
blog volta ao ar no mesmo dia que eu volto de férias poeticamente muy produtivas. já comecei a desovar um monte de coisinhas novas no blog mpb. vão lá.